Arquivo de Notícias

EcoJundiaí aborda sustentabilidade em propriedades rurais

EcoJundiaí aborda sustentabilidade em propriedades ruraisA EcoJundiaí deste ano, realizada no último sábado (2), atraiu cerca de 80 estudantes e proprietários rurais em seminário realizado na Etec Benedito Storani.

O seminário seguiu o tema deste ano, “Adequação Ambiental e Agrícola e Usos Sustentáveis em Propriedades Rurais”, e os participantes abordaram assuntos como a possibilidade de aliar a produção agrícola à preservação ambiental, além de experiências na área que obtiveram sucesso, como a agroecologia, forma de produção ecologicamente responsável.
O diretor-presidente da DAE S.A., Wilson Roberto Engholm, falou sobre a utilização do fertilizante originado do lodo de esgoto, produto resultante do tratamento dos resíduos. Segundo ele, desde 2009, quando obteve o registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, apenas Jundiaí realiza o processo de compostagem que transforma o lodo em fertilizante, 100% seguro. “Depois do tratamento do esgoto, além de enviarmos água limpa ao Rio Jundiaí, realizamos a destinação correta do lodo”, diz, referindo-se ao fato de em outras cidades o produto ter como destino final o aterro sanitário.
O secretário de Agricultura e Abastecimento, Jorge Yatim, disse que este tipo de debate dá visibilidade ao tema, que já vem sendo discutido pelos agricultores. Jaderson Spina, de Planejamento e Meio Ambiente, afirmou que é necessário mostrar aos produtores o que já é feito e o que pode melhorar com relação à sustentabilidade nas propriedades rurais.

Lodo de esgoto – Desde 2008, o lodo de esgoto, resultante do tratamento dos resíduos, passa pela de compostagem termofílica e atinge temperaturas de até 65°C. Este processo garante a total higienização e estabilização do material orgânico e, depois de concluído, gera o fertilizante orgânico composto classe D, que atende quesitos estabelecidos pelo Conama 375.
Na Etej (Estação de Tratamento de Esgoto de Jundiaí), cerca de 60 mil metros cúbicos de esgoto são tratados por dia, entre o doméstico e industrial. Esse volume gera aproximadamente 55 toneladas de fertilizante por dia. O produto pode ser usado em diversas culturas como cana-de-açúcar e eucalipto. No entanto, não pode ser utilizado em plantações onde há contato direto com a terra, como hortaliças, raízes e tubérculos.

Publicada em 04/06/2012



Rodovia Vereador Geraldo Dias, 1500
Vila Hortolândia - Jundiaí - SP ver no mapa
Telefone: (11) 4589-1300
Prefeitura de Jundiaí
DAE Jundiaí | Desenvolvido por CIJUN